Missões Transculturais – Como iniciou o trabalho na Bolívia

Pequeno Relato Histórico por Pr Ibrain Ali Halabi – primeiro missionário enviado ao campo transcultural pela Missão Desafio.

O Chamado Missionário:

Era o ano de 1990, estava estudando na Faculdade Batista, cadeira de Missiologia, e meu pastor, Joel Stevanatto, me passou a incumbência de preparar a Primeira Conferência Missionária de nossa igreja – OBPC-Mandaqui.
E assim começamos… só não esperava que a grande surpresa da Conferência, Deus estava reservando para o final…
O último preletor foi o Pr Joel Stevanatto… ele ministrou com maestria e ao término, tomado pela emoção do Espírito Santo, fez a seguinte declaração para a igreja:
“- Igreja, essa madrugada o Espírito Santo me disse para separar uma família daqui da igreja para Missões… eu tentei argumentar com Ele, pois essa família era importante para o contexto da igreja… e Ele disse: Separe… e essa família está aqui hoje, não direi quem são, quero que o Espírito toque nela como me tocou… e se não for a família que o Espírito me disse, eu direi que volte para o seu lugar, tudo bem?”
Amados, nesse momento minhas pernas tremeram… Me deixei levar pelo emocional… então, pedi para Deus em uma oração breve:
“- Senhor, se somos nós, que toque no coração de minha esposa…”
Claro, uma mãe é muito mais sensível ao conforto dos filhos… tem um senso de proteção maior… então apelei demais para Deus… me senti como Gideão… (rs)…
Eu estava sentado num banco na frente, onde os pastores e organizadores do evento estavam. Minha esposa estava na porta, de pé, com o meu filho nos braços… eu levantei os olhos, e a vi chorando, vindo no corredor. Ela veio e colocou o Diego no colo de minha mãe, e caminhou para a frente do altar… Nesse momento, não tive dúvidas… fui para o lado de minha esposa… e algo sobrenatural começou a acontecer conosco… uma convicção começou a tomar forma em nosso interior… me sentia forte…Nesse interim, o Pastor Joel perguntou a igreja: “- Quem sabia que eram eles levantem a mão…” … e unânime a igreja levantou…

Foi o testemunho da igreja a nosso respeito… daí, senti que minha igreja estava junta comigo nesse processo que só estaria iniciando.

O inicio da mudança:

Era mês de julho e tínhamos ate o fim do ano para deixar o trabalho secular e partir para Bolívia. Nessa época, eu estava trabalhando como encarregado do setor financeiro de uma grande empresa – os 3 anos de Economia começavam a dar seus frutos. Acabávamos de receber nosso apartamento… mas, tivemos que devolvê-lo, pois nossos planos haviam mudado e não haveria recursos financeiros para mantê-lo. Então pedi demissão de meu trabalho… mas…
Logo depois que determinamos que iríamos para Bolívia, situacoes estranhas aos nossos olhos comecaram a acontecer… Além de nossa família, 5 casais de outras partes do Brasil se somariam nessa primeira imersão missionária… e todos começaram a ter muitas lutas. Conosco nao foi diferente.

As lutas iniciais – parte 1:

– Nosso filho Diego ainda não andava, apenas engatinhava. Percebemos que ele não colocava um dos braços no chão… que não fazia nenhuma força com aquele braço. Levamos para o hospital e lá o médico, depois de realizar alguns exames, nos informou de forma totalmente insensível: “-Olha só… seu filho tem câncer no braço… está oco o osso… precisamos ver o que iremos fazer a partir daí… ele pode até perder o braço…”

Foi como se tirasse o chão debaixo de nossos pés. Nos lembramos de uma irmã do Mandaqui que teve tumor no braço, e ela nos recomendou um médico no Hospital do Câncer. Fomos para lá. O médico tinha uma lista de espera grande, mas se sensibilizou pelo Diego ter apenas um aninho e o internou… fizeram a biópsia (retiraram um pedacinho do osso para análise)…Enquanto isso, nós, nossa igreja e vários irmãos nos colocamos em oração pedindo para que Deus mudasse o diagnóstico… Por fim o médico nos chamou para conversar, e nos disse o seguinte: “- Levantem as mãos para o alto e agradeçam, pois ele está com tuberculose óssea… é grave, mas é tratável…” fomos enviados para um infectologista e a partir daí começaria 1 ano e meio de longo tratamento com 3 remédios para tuberculose… mas, o médico disse:
“- A doença de seu filho é raríssima… pois a TB óssea é doença de idoso… e nunca em osso comprido, sempre em pequenos ossos… e só depois de ter tido a TB pulmonar… não sabemos como isso pode ter acontecido”
Foi tão raro, que ele virou matéria de estudo e artigos até numa revista americana de estudos clínicos… o médico seguiu:
“- E não há medida para tratamento pediátrico, será a mesma do tratamento adulto, o que levará a ele ter problemas de fígado e outras reações… trataremos disso depois…”
Graças a Deus, o Diego nunca teve problemas colaterais ao tratamento…

As lutas iniciais – parte 2:

Juntamos uma caixa de medicamentos para nosso filho, e agora pensava: … Bolívia, aí vamos nós… porém…
NELI – Minha amada esposa começou a passar mal… no hospital, o médico disse que ela ficaria internada naquela noite… Quando sai para avisar a família da internação, mais uma luta, meu carro não estava lá, havia sido roubado. No hospital, decidiram que ela deveria ser operada. Depois de algumas horas sem informação… ouvi o medico (com uma sacola plástica e a vesícula da Neli) explicando o procedimento: “ Fizemos o que podíamos…” Ela teve choque anafilático, e teve morte clínica… foi levada para a UTI… e todos os dias eu ia vê-la… e pedia para Deus não permitir essa situação…
Um dia ela acordou… Glória a Deus!!! E quando a visitei no quarto, ela não estava… a vi andando no corredor empurrando o apoio dos soros… ela foi dar uma palavra de consolo a um rapaz que perdeu as pernas e pensava em suicídio…
Ela me contou que acordou com um Salmo em mente: “De que proveito há em minha morte, Senhor?”
Ela ainda sofreu outra cirurgia… o bisturi elétrico disparou dento dela, cortando o que não deveria mais cortar… mas Deus a salvou da morte… a livrou…

Culto de Despedida e Finalmente na Bolívia:
Sabe… não entendíamos muito o que estava acontecendo, só quando chegamos na Bolívia…

Não poderíamos falar de um Deus que faz e não termos experimentado que faz… então podemos pregar que Deus cura o câncer, que levanta o morto… porque Ele fez isso em minha casa…

Nos deu mais autoridade para pregar sobre milagres!!!!
Em nosso culto de despedida, a Neli ainda estava com o dreno, não podia se ajoelhar…


E em 01 de Março de 1991 chegamos no Pantanal Boliviano, num calor de quase 50 graus… muitos mosquitos… mas, agora era o nosso lar…
Antes eu já tinha vindo e reservado uma casa, mas com a demora por causa das doenças, tivemos que nos contentar em viver num galinheiro… tiraram as galinhas, e aí vivemos por 1 ano e meio… num lugar pequeno… muito quente e abafado… mas estávamos felizes…


Lembra dos 5 casais que contei anteriormente? Só nós chegamos ao destino.
Tínhamos como certo que iríamos trabalhar na formação da igreja Bolívia para Cristo, e na criação de nossa Base Missionária Transcultural… que depois ficou sendo conhecido como Cemid e atualmente se chama CFM-Alpha.
Foi assim que começamos…

Deus consolidou e vem consolidando:
As almas foram chegando, o trabalho crescendo e pela necessidade, foi acoplado um forte senso social ao espiritual que estávamos realizando, para assim alcançar um maior número de vidas. Nasceu o CENTRO MÉDICO E ODONTOLÓGICO BETHESDA.

O interessante, que quem nos ajudou a construir foi uma pessoa que nem era evangélica, e de descendência islâmica, Sr Roberto Mustafa… que aplicou parte de sua herança na construção e equipou o laboratório de análises clínicas e a odontologia…

Novos pontos de pregação foram criados e nisso nascendo congregações:
– Entre os índios Terenas, entre os índios Ayoreos, no bairro Victória, em El Carmen, em El Salao… E a sede continuava crescendo, com um evangelismo criativo e dinâmico, onde hoje somos 317 membros, já sofremos 3 ampliações no Templo e estamos orando para mais uma…

Os programas atuais são:

  • CENTRO MÉDICO BETHESDA
  • – Atendimento à população indígena e as pessoas carentes. Responsáveis pela vacinação local. Também realizamos medicina preventiva. No Centro Médico possuímos Médicos Cirurgiões, Psicologia, Odontologia, Laboratório Clínico, Sala de Parto, Quartos para Internações, Farmácia Comunitária. Possuímos uma equipe médica qualificada e voluntária.

  • MULTIMISTURA
  • – Atendemos com a multimistura nutritiva toda a Bolívia no combate a desnutrição.

  • ESCOLA DE FUTEBOL
  • – Uma maneira de tirar as crianças das ruas e da acessibilidade dos narcotraficantes e ensiná-las o temor de Deus.

  • AYOREOS
  • –No livro “Até os Confins da Terra” fala um pouco dessa etnia indígena e como eles mataram 5 missionários americanos… eles era muito violentos… muita prostituição infantil… e uma aldeia inteira foi alcançada e muitos índios estão se agregando de outras aldeias a esse trabalho.

  • PROJETO 4/14
  • – Um projeto que está em transição para tornar-se um programa. É o pastoreio de Crianças. A ideia é incrementar mais ousadia no trabalho evangelístico e educacional. Com eventos de impacto na sociedade local em favor das crianças e a evangelização e cuidado das mesmas.

  • CONGREGAÇÕES
  • – No objetivo de “estender as tendas” estivemos preparando obreiros para novos desafios. Nisso nasceram as Congregações de Victória, El Carmen, El Salao, Corumbá, Campo Grande (Aldeia Urbana… projeto para alcançar os índios Terenas na Capital), entre os Terenos.
    25 Grupos Familiares em funcionamento na cidade de Puerto Suárez… em evangelização contínua.

  • ARTE SUAVE PARA CRISTO
  • – Um projeto desenvolvido pelo meu filho Diego… usando a escola de Jiu-Jitsu para ajudar no trabalho de crianças.

    A EQUIPE DE TRABALHO – MD-PANTANAL:
    1) Pr. Ibrain Ali Halabi – Líder de Campo, Pastor da Sede Puerto Suárez e Corumbá.
    2) Neli Halabi – Psicologia e Desenvolvimento de Equipe, Projetos em Corumbá com crianças vitimadas.
    3) Pr. Eduardo e Iolanda Chavez – Congregação de Victória
    4) Pr. Airton Rocha – Congregação de El Carmen
    5) Diego Halabi – Projeto Arte Suave para Cristo
    6) Pra. Elvira Rengel – Congregação Ayoreos e Diretora do Centro Médico
    7) Mis. Rutnéia – Projeto 4/14 – Pastoreio de Crianças
    8) Pra Celita de Paula – Projeto Aldeia Urbana – Campo Grande (MS)
    9) Prs Gilson e Marinalva – Pastoreio entre os Terenas.

    E para finalizar, tenho um versículo que não pode se calar em minha mente nunca:

    Contudo, quando prego o evangelho, não posso me orgulhar, pois me é imposta a necessidade de pregar. Ai de mim se não pregar o evangelho! (1 Cor.9:16)

    Que Deus os abençoe muito… e obrigado por nos acompanhar nessa Jornada… contamos com suas orações e apoio…

    De seu conservo:
    Pr Ibrain Ali Halabi

    Mais informações sobre esse maravilhoso trabalho missionário, acesse a fanpage:


    sábado, 30 setembro 2017 10:55 pm

    Día 10 de Octubre, dia de Nathanael 3 en todas nuestras Casas de Paz… Será una Fiesta!!!!


    5 0 1


    quinta-feira, 28 setembro 2017 8:44 pm

    HOY EN NUESTRA SEDE: JUEVES 7:30pm
    CULTO SOBRE COMO JESUCRISTO SANA LAS PERSONAS…

    Venga buscar su cura y de quien ud ama!

    Iniciaremos hoy esa Campaña…. participe!

    Jueves: CULTO DE COMUNION DE LAS CASAS DE PAZ…

    3 0