Finanças – Quando os relacionamentos nos ajudam a pagar as dívidas

Diante de um cenário financeiro econômico difícil, vamos aprender com a mulher viúva , registrado no Livro de I Reis, capitulo 4 , versos 1 ao 7, diversas instruções para aplicarmos na administração da nossa casa.

Interessante que, neste contexto, a crise financeira foi transformada em crise relacional, pois a dívida da família, contraída pelo esposo numa situação de dificuldade financeira, agora gerava perdas maiores, pois os dois filhos (que seriam a promessa de um futuro para reaver a atual condição) seriam levados escravos pelos credores, possivelmente agiotas, que deram um prazo para a pobre viúva fazer a liquidação da dívida.
A mulher de uma sabedoria imitável, corre ao profeta Eliseu e pede ajuda.

Primeira lição: Pedir ajuda no tempo da crise demonstra a nobreza e humildade desta mulher considerando que ela busca ajuda no mesmo ambiente onde seu marido estava frequentemente.
Podemos nos perguntar: O que levou o marido rejeitar ou não pedir ajuda no local onde ele de alguma forma receberia ajuda? Somos tomados por um sentimento de orgulho gerando em nós dificuldade em pedir auxilio em tempo de Crise pois demonstrará nossa impotência ou incapacidade de administrar determinada área da nossa vida.
Outra proposta, das diversas que o texto nos apresenta, foi a imediata postura do profeta em oferecer ajuda. O profeta representa os ministérios onde mulheres tiveram seus esposos envolvidos e agora poderão precisar de auxilio. O profeta representa o ministério que seguindo seu exemplo deverá oferecer ajuda e auxilio não desprezando o tempo dedicado pelo obreiro.

Interessante a atitude da viúva que em nenhum momento adjetiva de forma negativa seu esposo, muito pelo contrário, ela vai ao profeta falando bem do seu marido, agora falecido, e desta forma é recebida e atendida.
O ponto chave deste texto está vinculado ao nível de relacionamento que a viúva desenvolveu com o entorno, com seus vizinhos, pois a quantidade de azeite estava diretamente ligado a quantas vasilhas seus filhos trariam para sua sala.
Perceba que o relacionamento de confiança sobrepõe a condição de crédito financeiro.
Desta forma, mais do que nunca, precisamos restaurar em nossos dias este relacionamento, pois em tempo de crise relacional ou crise financeira ele será determinante para experimentarmos o milagre da mudança do cenário.

Textos extraído do Livro “Quando os Relacionamentos nos ajudam a pagar as Dívidas”
Foto por Oliver Thomas Klein (Unsplash)
Pr. Enoque Caló