Convenção de São Paulo realiza sonho de ter uma sede própria

Está de parabéns a Convenção de São Paulo, a Igreja OBPC de Arujá e o Município de Arujá/ SP, pois no dia 24 de Janeiro de 2017, nas dependências do escritório da Convenção/ SP, com a presença de dezenas de pastores, obreiros e alguns diretores da Convenção e do Conselho Nacional, nosso presidente, pastor Luiz F. Bergamin, anunciou que a Igreja OBPC em Arujá/ SP, em sua assembleia geral, por unanimidade, decidiu dar posse à Convenção de São Paulo, do seu imóvel denominado “Catedral da Esperança”.
Visivelmente emocionado, o pastor Bergamin fez um relato histórico importantíssimo sobre o andamento da obra, dos sacrifícios de seus diretores, tanto pessoal como financeiro, para que a obra alcançasse o estágio atual, porque éramos centenas e hoje, pela graça de Deus, somos milhares de igrejas, declarou.
Agradeceu a presença de todos e em tom de reconhecimento, afirmou que tal desenvolvimento é creditado a uma equipe valorosa de diretores, assessores, funcionários e também de toda a família O Brasil Para Cristo. Disse que este momento é histórico para a nossa obra, pois a “Catedral da Esperança”, vem sendo utilizada e continuará atendendo o Seminário de Treinamento para Pastores e Oficiais, o Pastoreio de Pastores, as Reuniões, Fóruns e Congressos dos Departamentos e muita coisa ainda podemos esperar, pois se trata de um espaço enorme, e que pode acolher outros projetos que nos forem atribuídos pelo único Dono da obra, não só daquele precioso espaço, mas também das nossas vidas: O nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.
No ato seguinte, ouvimos o pastor e Deputado Federal, Roberto Alves de Lucena. Ele se fazia acompanhado de sua esposa, dos diretores da Igreja OBPC de Arujá, e alguns ministros e assessores. Por sua vez, o pastor Lucena afirmou ser uma honra e um privilégio para ele e para a Igreja de Arujá, contribuir para que o sonho do nosso presidente fosse realizado, porque Deus é fiel e sempre garantiu que a semente plantada daria seu fruto. Disse ainda, que há mais de vinte anos a Igreja OBPC de Arujá, precisou financeiramente da Convenção, e ela não tinha recursos para ajudá-la, no entanto, pessoalmente o pastor Bergamin a socorreu com o que pôde. Isso, continuou ele dizendo, é uma característica do pastor Bergamin, com seu coração amoroso e abençoador. O pastor Lucena completou, que o que havia dito, foi algo que Deus o fez lembrar, quando estava a caminho do escritório da Convenção. Finalizou afirmando que agora é a vez da Igreja de Arujá semear em terra boa, como é a Convenção de São Paulo.
A seguir o pastor Lucena convidou nosso presidente, pastor Bergamin e os Diretores da Igreja OBPC de Arujá e da Convenção para o inicio do ato solene das assinaturas do contrato elaborado em duas vias para essa finalidade. Esse contrato, usualmente denominado de Contrato de Comodato, concedeu à Convenção a posse (direito de uso) da “Catedral da Esperança” por cinquenta anos, com possibilidade de renovação por igual período. As fotos mostram o momento desse ato solene das assinaturas.
Tivemos o prazer de ouvir o pastor Joel Stevanatto, presidente da Missão Desafio, falando em nome de todos e enaltecendo a magnitude deste ato, tecendo considerações elogiosas e sinceras à Igreja de Arujá, ao pastor Lucena e ao pastor Bergamin, afirmando que esta obra é de Deus e Ele cuida do que é seu!
O pastor Bergamin, reiterando os agradecimentos ao pastor Lucena, Diretores do Conselho Nacional, Diretores da Convenção de São Paulo, ministros, oficiais, assessores, empregados e colaboradores da Convenção/ SP, convidou o pastor José Raimundo, Superintendente da OBPC da baixada santista, para fazer uma oração de encerramento do ato solene.