71 anos da SBB na OBPC Pompéia

Uma cerimônia festiva, pontuada por momentos de grande emoção, marcou as comemorações pelos 71 anos da Sociedade Bíblica do Brasil (SBB), em São Paulo. O Culto de Ação de Graças, realizado na manhã de 15 de junho, na Igreja O Brasil para Cristo (OBPC), contou com a presença de mais de 1,5 mil pessoas, entre autoridades, lideranças religiosas, funcionários e parceiros da SBB. Como forma de reconhecer a parceria das igrejas em seu trabalho pela Causa da Bíblia, a SBB prestou uma homenagem aos pastores de diferentes denominações que prestigiaram o evento, entregando a cada um deles um certificado alusivo ao Dia do Pastor Evangélico, celebrado também em junho. Ao todo, foram distribuídos 513 certificados.

Erní Seibert, diretor-executivo da SBB, exaltou o dia como de grande alegria e gratidão a Deus. “É um momento de encontro do povo de Deus, em que a SBB volta às suas origens, que são as igrejas. Somos muito agradecidos à Igreja O Brasil para Cristo por sediar o culto e a todas as outras igrejas que vieram aqui para louvar a Deus pela sua Palavra. São 71 anos de Sociedade Bíblica do Brasil, difundindo a Palavra e, por meio dela, fazendo mudanças na vida de milhares de pessoas”, afirmou.

A cerimônia teve início com as boas-vindas de Paulo Lutero de Mello, pastor-presidente do Grande Templo da OBPC, localizado no bairro paulistano da Pompeia. “Receber este evento aqui é tranquilizador, porque me dá um sinal de que a SBB está viva, é uma garota forte, de 71 anos, que está distribuindo a Palavra de Deus. Que alegria, que oxigênio bom, que manhã histórica! É uma honra receber todos aqui”.

Mestre de cerimônias do evento, Marcos G. F. Silva, secretário de Distribuição e Coordenação das Secretarias Regionais da SBB, ressaltou a missão da organização, de semear a Palavra de Deus num país de dimensões continentais. “Nosso desafio é levar a Bíblia que amamos a todas as pessoas, porque acreditamos nos benefícios que ela pode trazer. É uma fonte de esperança, conforto, consolo e salvação”, disse ele, lembrando que somente no ano passado 600 mil pessoas receberam a Palavra de Deus, de forma gratuita, por meio dos programas sociais da entidade.

Assir Pereira, presidente da SBB, ressaltou que a organização pertence a todas as denominações cristãs, às quais vem servindo ao longo de 71 anos. Ele mencionou o programa “Mude o Brasil pela Bíblia”, que é permanente e visa distribuir a Bíblia, com ênfase no resgate de valores. “Na Bíblia estão todos os valores para que a nação seja grande”, salientou.

Ao lembrar o tema da campanha de aniversário deste ano da SBB, “Ler, Viver e Compartilhar a Bíblia”, Erní Seibert reforçou a importância destas três ações. “Quando fazemos isso, as pessoas descobrem que têm um pai, um salvador, e que elas podem se encher do Espírito Santo. Isso muda a sua vida e a de suas famílias, transforma a sociedade”, disse ele, lembrando que, há 71 anos, a SBB foi criada, para dar a Bíblia à Pátria. “Nós fomos os beneficiados e o nosso compromisso, hoje, é compartilhar essa Palavra que nos orienta e nos conduz”, ressaltou.

Num gesto simbólico, Assir Pereira entregou um exemplar da Bíblia Sagrada ao pastor Paulo Lutero de Mello, afirmando que a homenagem era extensiva a todos os pastores ali presentes. A SBB, por sua vez, recebeu placas de homenagem, presente e congratulações de diversas autoridades públicas.

Fernando Bortolleto, da Diretoria da SBB, foi convidado para fazer a leitura do texto de Isaías 28.23-29. Ele ressaltou o privilégio de, nos últimos anos, colaborar com a Governança da SBB e a Causa da Bíblia. “Para nós, que somos cristãos e temos a Bíblia como fundamento da nossa fé, a propagação da Palavra de Deus é fundamental”, afirmou. Para ele, mais do que produzir Escrituras, a SBB tem se destacado em várias áreas, como na tradução da Bíblia para outros idiomas, no desenvolvimento de literatura acadêmica, na divulgação da Bíblia entre pessoas com deficiência visual e, agora, mais recentemente, facilitando o acesso ao texto bíblico com a Nova Almeida Atualizada. “Então só temos que agradecer a Deus por estes 71 anos”, concluiu.

Chamado para dirigir um momento de oração, Benedito de Oliveira também manifestou seu apreço pela SBB. “Graças a Deus, sou uma pessoa muito privilegiada porque pude pertencer ao quadro da SBB durante nove anos. Para mim, é uma honra muito grande participar deste evento, juntamente com os demais colegas que hoje também estão sendo homenageados”, afirmou ele que é pastor.

O deputado federal Roberto de Lucena, que já foi presidente nacional da OBPC, foi convidado para fazer a oração final, na qual destacou a seriedade e a respeitabilidade da SBB: “Que Deus continue abençoando a SBB no cumprimento da missão, que é levar a Bíblia Sagrada a todas as pessoas”.

A celebração foi pontuada por atrações especiais, como uma exposição do Museu da Bíblia, apresentações culturais, a cargo de Quico Fagundes, Paulo César Baruk, Balé da Cia. Renovo, Coral da Metrópole, Coral em Libras da SBB e o conjunto e vocal da Igreja O Brasil Para Cristo.

O encerramento guardou ainda outro momento de muita emoção, com a oração de uma funcionária da SBB que, na Língua Brasileira de Sinais, ressaltou o caráter inclusivo da comemoração. “Como é bom estarmos juntos, surdos e ouvintes. Que alegria ver meus irmãos aqui te louvando, Senhor. Pedimos que possa nos abençoar, em nome de Jesus”.

Fonte: Website Sociedade Bíblica do Brasil

Veja fotos do evento:

https://www.facebook.com/pg/ConselhoNacional/photos/?tab=album&album_id=2565300936854142